Aguarde

6 maneiras pra manter seu filho longe de problemas

Coluna De mãe para mãe em 03/07/2015 17:13:19

A criação de filhos tem sempre duas perspectivas: a de curtir o momento presente e também a de preparar nossos filhos para a vida adulta. Certamente, os  anos de adolescência são temidos pelos pais, especialmente nos dias de hoje.  Drogas, más amizades, gravidez precoce são apenas alguns dos problemas que nossos filhos enfrentam diariamente. Pensando nisso, o Centro de Vícios e Abuso  de Substâncias da Universidade de Columbia (Center for Addiction and Substance Abuse at Columbia University, em inglês) realizou uma pesquisa* por anos com alunos e fez uma lista de 6 hábitos encontrados nos estudantes que levavam uma  vida equilibrada e saudável. No post de hoje, vou estar compartilhando com  vocês esta lista, pois se trata de algo super prático e simples, que podemos  implementar em nossa vida familiar desde já:

 

1) Jantar com seus filhos: De acordo com a pesquisa, nenhuma atitude deixa mais claro para seu filho que você realmente se importa com ele do que compartilhar uma refeição juntos. É tempo de conversar sobre o dia, perguntar quais foram as atividades realizadas e ter um tempo de qualidade como família. A tv deve estar desligada e a prioridade deve ser a família.  A pesquisa mostrou que adolescentes que sentam ao redor da mesa para compartilhar um jantar com seus pais pelo menos 5 vezes na semana tem menos chance de se envolver com drogas e bebidas.

2) Leve seu filho à Igreja semanalmente: De acordo com o Dr Luntz, o autor da lista, não é nenhuma coincidência que os programas para recuperação de viciados mais bem sucedidos são àqueles ligados a religião. Quando as crianças são ensinadas desde pequenas que existe um Deus que as ama e se preocupa com elas, existe uma maior possibilidade de que elas irão respeitar e apreciar o milagre da vida, consequentemente se afastando de hábitos destrutivos. Aproveito pra fazer um comentário meu: infelizmente, nós, as mamães, muitas vezes usamos nossos filhos como desculpa para não ir a igreja. Devemos, no entanto, nos esforçar para que nossos filhos estejam aprendendo sobre Deus, tendo amizades saudáveis em um ambiente propício. Ir à Igreja não é chato, nem para adultos nem para as crianças. Procure uma igreja onde existe uma palavra relevante para seu dia-a-dia, onde existe amor e laços de amizades verdadeiras, onde você e sua família sejam desafiados a crescer na fé e no amor!

3) Confira a lição de casa do seu filho diariamente: Primeiro, seu filho vai perceber que você realmente se importa com ele e com sua vida intelectual. Segundo, acompanhando os deveres de casa, você pode perceber se algo está errado com seu filho. Uma mudança drástica no aprendizado pode ser sinal de que está havendo algum problema físico ou emocional.

4) Exija que seu filho fale sempre a verdade: Pais que não aceitam mentiras ou meias verdades estão mandando uma mensagem clara para seus filhos de que existem certos tipos de lugares, comportamentos e companhias que não são aceitáveis. E os filhos aprendem com isso que existem limites que devem ser respeitados.

5) Tire férias com sua família e se possível por pelo menos uma semana inteira:  Tirar longos períodos de férias ajuda você e seus filhos a saírem da rotina diária de trabalho, estudo e compromissos e reconectar-se como família. De acordo com a pesquisa, durante este tempo de férias, os celulares, computadores e afins devem ser desligados para que o relacionamento seja fortalecido.

6) Encoraje seu filho a participar de esportes coletivos: Participar de esportes coletivos em um ambiente saudável ajuda as crianças a se relacionarem em grupo, mantendo-os ocupados. As boas companhias que influenciam a decisões positivas são sempre uma grande ajuda para crianças e adolescentes.

Como mãe, uma de minhas responsabilidades é proteger meus filhos de más influências e guiá-los pelo processo de aprender a tomar boas decisões. Receita de bolo não existe, mas nas palavras do Dr James Dobson: "a solução pode ser encontrada em construir bons relacionamentos, supervisionar de perto seus filhos, manter seus olhos e ouvidos sempre bem abertos, desfrutar de momentos de diversão saudáveis como família, encorajá-los a atividade física e a participar de uma Igreja amorosa; matriculá-los em uma boa escola, monitorar cuidadosamente quem são seus amigos, ter muita conversa e diálogo durante as refeições e orar constantemente." Estes são hábitos que podem ajudar nossos filhos a manter-se longe de problemas e fortalecer nossa vida familiar! 

* a matéria original em inglês está no link abaixo:

http://drjamesdobson.org/articles/families-on-the-front-lines/healthy-children-to-healthy-adults-the-six-steps-parents-really-need-to-know?sc=FFB


Dúvidas e Comentários

» Deixe aqui sua pergunta, sugestão de tema ou comentário sobre o post.

Você precisa estar logado para poder comentar.

Fazer login
  • Nenhum comentário encontrado.