Aguarde

Alimentação Saudável na Gestação

Coluna Quero ser Mamãe em 24/07/2015 21:39:33

Alimentação Saudável na Gestação

 

·       Fracionar as refeições diárias em seis pequenas porções é muito importante pois facilita a digestão da mamãe, que nesta fase se torna mais lenta. Beber pelo menos 2 litros de água ao dia, principalmente fora das refeições, ajuda na hidratação. E a gestante deve aumentar a ingestão  de verduras e legumes coloridos. 

·              Evitar levar à mesa: carnes cruas, leite e queijo não pasteurizados como o brie, ou com veios azulados tipo gorgonzola, alimentos que contenham ovos crus como maionese e mousse, frutos do mar crus ou mal cozidos. 

   A gestante deve diminuir ou cortar enlatados, embutidos, condimentos, gorduras, refrigerantes e bebidas industrializadas, além de  não consumir bebidas alcóolicas e cigarros. 

          Em qualquer situação de mal estar não se deve fazer o uso de medicações sem orientação médica.

Adoçantes - preferencialmente a stévia e a sucralose para as gestantes que tem alguma restrição ao uso de açúcar.

Legumes, verduras e frutas crus -  quando mal higienizados podem transmitir a toxoplasmose, portanto cuide bastante ao comer fora de casa. 

Um exemplo para um dia de alimentação saudável:

Café da manhã 

sucos de frutas, aveias, 1 torrada de pão integral, 2 colheres de chá de manteiga, 1 xícara de café ou chá.

Lanche

fruta, cerais integrais, leite semidesnatado

Almoço 

1 pedaço de carne, peixe ou frango, vegetais à gosto, com alface, tomate e folhas verdes com 2 colheres de chá de azeite para temperar, 1 fatia de pão integral e 1 fruta de sobremesa

Lanche

leite desnatado, bolachas integrais

Jantar

1 peito de frango com batatas assadas, meia xícara de cenouras e ervilhas, com salada verde. Como sobremesa - 1 fruta.

Lanche-

1 fruta e 1 iogurte desnatado.


Pós parto

A dieta no pós parto tem de ser rica em líquidos, cereais integrais, frutas, legumes, peixe, leite e derivados porque esses elementos são ricos em nutrientes que vão ajudar a mãe a recuperar a forma e conseguem responder às exigências energéticas da amamentação.

Durante a amamentação, mesmo com o aumento de calorias na dieta, a mãe emagrece em média de 1 a 2 kg por mês, de forma lenta e gradual, devido à energia que é perdida durante a produção de leite.

Por exemplo:

Comer pelo menos 3 frutas por dia

Legumes e verduras no almoço e jantar

Peixe bem cozido em uma das refeições principais.

Arroz, massa ou batata (menos da metade do prato)

3 doses de lacticínios em um dia, como 1 copo de leite, 1 fatia de queijo minas e 1 iogurte.

Pequenas quantidades de alimentos com carboidratos aos lanches, como 30 g de cereais, 1 pão integral, 1 pão de centeio ou 2 torradas.

Além disso, é fundamental a mãe ingerir cerca de 3 litros de água, pois a amamentação desidrata e faz com que a mãe sinta sempre muita sede.

Deve-se evitar alimentos como fritura, embutidos, queijo gordo, refrigerantes, bolos ou biscoitos, porque têm grandes quantidades de gorduras e açúcares. Assim como o cigarro e bebidas alcóolicas.

A dieta para emagrecer no pós parto tem que ser balanceada, pois uma dieta restritiva pode prejudicar a recuperação da mulher e sua produção de leite.

Por isso, o emagrecimento só deve ser uma preocupação por volta do 6° mês de vida do bebê. Até lá o peso deve reduzir naturalmente, especialmente com a ajuda da amamentação.


Dr Arlindo Brun Jr

Médico Ginecologista e Obstetra

Prof. de Obstetrícia da PUC PR

Dúvidas e Comentários

» Deixe aqui sua pergunta, sugestão de tema ou comentário sobre o post.

Você precisa estar logado para poder comentar.

Fazer login
  • Nenhum comentário encontrado.