Aguarde

Lição de casa é mesmo importante?

Coluna Educando em 27/05/2016 15:24:44

LIÇÃO DE CASA É MESMO IMPORTANTE?

 

 

Tem educador dizendo que lição de casa só atrapalha, que estressa a criança e que pesquisas mostram que não há diferenças significativas nas notas das crianças que fazem lição e das que não fazem. Será que isso é real? Fui professor de matemática durante anos e posso lhes assegurar: criança que faz lição de casa vai muito melhor na escola do que a que não faz. E a explicação para isso vem da neurociência:

Vou explicar de forma mais didática, o que pode diminuir um pouco a precisão das informações, mas facilita a compreensão. A aprendizagem tem algumas fases bem definidas. A primeira delas é a aula em si, o momento da construção do conhecimento pela criança.  Nessa fase os conceitos são armazenados na memória de curto prazo. A criança esquece quase tudo em pouco tempo, em poucas horas. Em seguida, quando a criança faz a lição de casa, ou quando relê o caderno, o cérebro leva as informações que estão na memória de curto prazo para a memória de longo prazo, para a memória que dura mais tempo. É a segunda fase. Esse processo só acontece quando o cérebro percebe a necessidade de usar novamente a informação. E isso ocorre quando seu filho se esforça para lembrar o que aprendeu em sala para então poder resolver o problema, fazer o exercício ou responder às questões da tarefa.

Em terceiro lugar vem a fixação que ocorre durante o sono profundo. Nesse período o cérebro recebe a liberação do hormônio do crescimento, da leptina, do cortisol, etc. Toda essa química ativa a fixação das informações que estão na memória de longo prazo impedindo-as de serem esquecidas. Pelo menos não enquanto forem necessárias.  Essa fixação ocorre durante os ciclos de sono profundo. Dormir bem é importantíssimo. A OMS, organização Mundial de Saúde recomenda um período de 10 horas de sono para crianças de até 10 anos de idade. Se a criança dorme menos, pode faltar um ou mais ciclos de sono profundo, prejudicando a fixação.

Além disso, se não faz lição ou não revisa o que foi aprendido naquele dia, não haverá nada na memória de longo prazo a ser fixado. E as informações vão se apagando da memória.

Por isso aí vão algumas dicas:

Converse com seu filho sobre o que ele aprendeu:

-Filho, o que você aprendeu hoje?

-Não lembro de nada!

-Hummm, teve recreio?

-teve.

-Vocês foram ao parquinho?

-Claro né.

-Que legal! Uma coisa você já lembrou! Que bom. E depois, vocês entraram e foram desenhar, pintar, ouvir uma história, ... o que ?

E assim vai. A criança percebe que tem que prestar atenção para poder responder a essas perguntas. Isso a incentiva a ficar mais ligada durante as atividades.

Em relação à lição de casa, a mãe (ou pai, claro) deve desligar a TV, pedir para que as outras crianças brinquem em outro espaço, enfim, garantir que o momento da lição seja agradável e realmente aconteça. Essa deve ser a ajuda. É um crime fazer a lição pela criança.

Se todos os dias houver o momento da lição, vira hábito e logo não será mais necessário mandar a criança fazê-la.

Não é nada fácil garantir esse espaço e criar o hábito de estudar, mas é fundamental para que a criança possa desenvolver autonomia na aprendizagem. Muitos pais reclamam que precisam brigar com seus filhos para que estudem ou façam a lição de casa. Esses pais não desenvolveram o hábito de estudar, não ajudaram a criança a se organizar, a preparar-se para o trabalho de estudar todos os dias. Quer dar um presente para o desenvolvimento de seu filho? Ajude-o a fazer a lição de casa todos os dias. E se ele disser hoje não tem lição, diga: que pena! Mas não tem problema, peque o livro e vamos ler um pouco!? Se todos os dias seu filho tiver que ler, estudar ou fazer a lição, logo não vai mais reclamar, pois virou hábito!

Lição, seja bem vinda!

 

 

 

MarcoMeier é mestre em Educação, psicólogoe professor de Matemática. Seu livro Desligue isso e vá estudar, orientações práticas para pais, da editora Fundamento, tem sido referência na área de Educação de filhos! Contatos pelo site www.meier

Dúvidas e Comentários

» Deixe aqui sua pergunta, sugestão de tema ou comentário sobre o post.

Você precisa estar logado para poder comentar.

Fazer login
  • Nenhum comentário encontrado.